Notícias

Suposta filha de vocalista do Raça Negra entra na Justiça

Luiz Carlos, vocalista do grupo Raça Negra, tem sido processado por uma suposta filha. Renata Francine, que teria sido fruto de um relacionamento rápido do músico com sua genitora, pede dele R$ 40 mil por danos morais. Ela afirma que nunca recebeu suporte financeiro nem emocional.
A informação foi publicada primeiro pela colunista Fábia Oliveira e confirmada pelo F5. Conforme informações do Tribunal de Justiça de São Paulo, o processo foi aberto no ano passado.
Ao A Tarde É Sua, um ano antes, Renata já havia falado sobre a ausência dele. Apesar de nunca ter sido reconhecida publicamente, ela mostrou sua certidão de nascimento na qual consta o nome de Luiz Carlos da Silva. Mas tudo piorou depois que ela virou mãe. A menina que gerou nasceu com paralisia cerebral.
Reconciliou? Zilu e Zezé Di Camargo aparecem juntos em festa
Dessa forma, Renata resolveu, enfim, pedir ajuda de forma mais constante ao cantor para poder comprar remédios que a filha necessitava, mas, segundo ela, ele só a auxiliou com uma cadeira de rodas. Procurada, a assessoria de Luiz Carlos tomou conhecimento da demanda e disse que caso houvesse uma resposta, mandaria à reportagem. Isso ainda não havia acontecido até a publicação deste texto.
Apesar disso, na ocasião da entrevista ao programa da RedeTV!, o músico, em resposta às falas de Renata, a chamou de “tremenda mau-caráter” e disse que teria comprovantes bancários que provariam que ele já ajudou a suposta neta, mas que Renata usava o dinheiro dele “para fazer churrasco com a galera”.

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade