Notícias

Suécia é o primeiro país a declarar o sexo um esporte e anuncia competição internacional no país

A Suécia se tornou o pioneiro a declar o sexo uma atividade esportiva legítima. Em virtude dessa decisão, o país está se preparando para sediar a primeira competição internacional dessa modalidade. De acordo com uma reportagem do jornal espanhol El Mundo, o presidente da Federação Sueca do Sexo, Dragan Bratych, defendeu a ideia de que “atingir os resultados desejados no sexo requer treinamento“, o que motivou as pessoas a competirem nesse aspecto.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Pesquisa aponta que fazer sexo 3 vezes por mês protege contra a covid-19]]

[[(standard.Article) Swing: cresce em Belém o número de casais cansados da monogamia fazendo sexo (18+)]]

[[(standard.Article) Homem sofre fratura tripla no pênis durante relação sexual arriscada; entenda]]

O torneio inaugural terá início na próxima quinta-feira (8), na cidade de Gotemburgo, a segunda maior da Suécia. A competição reunirá representantes de 20 países europeus e terá uma duração de seis semanas, durante as quais os participantes competirão em 16 diferentes “disciplinas”.

Conforme relatado pelo El Mundo, cada prova terá uma duração de 45 minutos a uma hora e será avaliada por um júri, que atribuirá pontuações de 5 a 10, além de contar com uma votação popular. Os participantes também terão a oportunidade de ganhar pontos extras demonstrando conhecimentos teóricos do Kamasutra, a famosa obra que descreve uma variedade de posições sexuais.

Os países que estarão presentes nesse torneio são Finlândia, Itália, Portugal, França, Grécia, Ucrânia, Grã-Bretanha, Rússia, Croácia, Romênia e Espanha.

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade