Notícias

Shopping Boulevard instala grades como medida de prevenção

De acordo com o último levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), entre 2000 e 2019, as taxas de suicídios têm diminuído em um cenário global. No último, anos, campanhas de prevenção e conscientização sobre o assunto foram intensificadas com o objetivo de diminuir os casos. 
Apesar disso, a OMS apontou que mais de 700 mil pessoas morrem todo ano por suicídio. O número ainda é um alerta para a população mundial e levanta a questão de que mais ações para evitar e diminuir os casos sejam realizadas. 
Com isso, o Shopping Boulevard Belém, localizado no bairro do Reduto, instalou algumas medidas de segurança para evitar que mais casos ocorram. 
O estabelecimento informou que instalaram grades e guarda-corpos na área externa de todos os andares . Além disso, mais seguranças foram contratados para o apoio. + PL prevê ações para apoiar pessoas com depressão em escolasSegundo o Shopping Boulevard, desde 2013, sete incidentes fatais foram registrados. 
“Desde o ano passado, diante da importância do tema para a sociedade e a população do Pará, entendendo que trata-se de uma questão de saúde pública e segurança, o shopping vem dialogando com diversos órgãos setoriais, governamentais e de valorização da vida para contribuir com o desenvolvimento de medidas que colaborem com a prevenção dessas ocorrências. Além disso, colocou grades de segurança na área externa de todos os andares e aumentou a sua equipe de seguranças para monitorar os guarda-corpos”, declarou o shopping por meio de nota na última semana. 
A equipe do DOL solicitou mais informações ao Shopping Boulevard  sobre as novas medidas de segurança e aguarda retorno. 
Assim como em outras áreas do corpo, a saúde mental é muito importante. O ser humano não pode dar conta de tudo sozinho e a nossa mente também precisa de cuidado. 
Aqui no Brasil, qualquer pessoa que estiver sentindo tristeza profunda, em estado de depressão ou tentando crises de ansiedade, pode procurar ajuda de profissionais por meio do CVV (Centro de Valorização da Vida) ou pelo CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade.
O CVV (www.cvv.org.br) funciona 24 horas por dia pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade