Notícias

Primeira descida da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré ocorre na próxima terça-feira (23)

A primeira descida da Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré, que fica localizada na estrutura do Glória, na Basílica Santuário de Nazaré, já tem data para ocorrer. Em 2023, a cerimônia acontece na próxima terça-feira (23), durante a Santa Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa.

Tradicionalmente, a primeira cerimônia de descida da Imagem do Glória do ano ocorre no mês de maio, como parte da programação do mês mariano e, também, em comemoração ao aniversário de elevação da Basílica de Nazaré à categoria de Santuário Mariano da Arquidiocese de Belém.

A pequena imagem ficará mais próxima dos fiéis durante oito dias e retornará no dia 31, quando ocorre a coroação e o retorno ao local de onde só sairá novamente no sábado que antecede o Círio de Nazaré. A solenidade será transmitida ao vivo pelas plataformas digitais: facebook e youtube da Basílica de Santuário de Nazaré e, também, pela TV Nazaré.

A Imagem Original é uma escultura em estilo Barroco confeccionada em madeira que foi encontrada por Plácido José de Souza, no ano de 1700. Ela possui 28 cm de altura e apresenta traços de uma senhora portuguesa.

O “milagre do retorno”

Relatos divergem sobre o local em que a imagem foi encontrada por Plácido: uns dizem que foi em uma bifurcação de uma árvore do taperebá; outros, de que seria em uma espécie de nicho natural em meio a trepadeiras. Ela usava manto onde, na parte interna, se lia “Nossa Senhora de Nazaré do Desterro”. 

Segundo a crença, após achar a imagem, o caboclo a levou para sua casa e a colocou em um pequeno altar de miriti, onde estavam um crucifixo e outras imagens de santos de sua devoção. No dia seguinte, a imagem teria sumido. Ao retornar ao lugar do achado, percebeu que ela se encontrava no mesmo lugar do dia anterior. 

O fato se repetiu durante alguns dias e a notícia do “desaparecimento” se espalhou, provocando a intervenção das autoridades civis e eclesiásticas, fazendo com que fosse levada para o Palácio do Governo, para o Paço Episcopal e à recém-erguida Catedral, de onde ela também sumiu, sendo encontrada no mesmo local.

Por conta dos desaparecimentos, Plácido teria entendido que a imagem deveria ficar no local onde fora encontrada e ali construiu uma ermida para abrigá-la. O local do achado é onde hoje se encontra a majestosa Basílica Santuário.

Origem da Imagem

A verdadeira origem da imagem é desconhecida, supondo-se que seja de Portugal, visto que à época não haveriam “santeiros” habilitados para a elaboração desta espécie de escultura em Vigia de Nazaré, nordeste do estado, local onde a devoção foi primeiramente implantada pelos colonizadores.

A estatueta possivelmente teria sido trazida pelos missionários Jesuítas, responsáveis pela difusão da devoção por este título mariano em outros locais no território amazônico. A maioria dos pesquisadores contesta a versão de que a imagem teria sido transportada por terra da localidade de Vigia pelo fato de que o caminho era perigoso por conta da presença de povos arredios ao longo do seu curso, fazendo com que só fosse possível a comunicação com Belém pelos rios.

Serviço

Descida da Imagem de Nossa Senhora de Nazaré marca festejos do mês de maio

Data: 23/05/2023

Hora: 18h

Local: Basílica Santuário de Nazaré 

 

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade