Notícias

PIX se torna principal ferramenta de transações financeiras no Brasil

O Pix se tornou a principal modalidade de transações financeiras do Brasil. O sistema de pagamentos instantâneos, criado em 2020, atingiu 29% de todas as transações registradas em 2022, contra 16% do total em 2021, superando assim as transações com cartões de crédito, débito e boleto na quantidade anual de operações financeiras. As informações foram divulgadas pelo Banco Central nesta quarta-feira (31). 

“A partir do final de 2020, o expressivo crescimento do uso do Pix reduziu, em termos relativos, a participação dos demais meios de pagamento e de transferência na quantidade total de transações financeiras”, informou o Banco Central nesta quarta-feira.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Pix bate novo recorde com 99,4 milhões de transações em um único dia; confira]]

[[(standard.Article) Banco Central regulamenta Pix Saque e Pix Troco]] 

De acordo com a instituição, a evolução da quantidade de transações por meio do Pix demonstra que esse instrumento popularizou as transações por internet, proporcionando a participação de pessoas que nunca haviam realizado transferências. 

“Em apenas dois anos de operação, entre novembro de 2020 e dezembro de 2022, o Pix tornou-se o instrumento com maior quantidade anual de transações”, acrescentou o BC. 

A instituição informou que também foi observado um incremento expressivo da quantidade de transações com cartões de débito e pré-pago, sendo que, nos cartões pré-pagos, isso faz parte do crescimento das instituições de pagamento. 

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade