Notícias

Pep Guardiola fala sobre “cala-boca” de Bruyne após goleada 

Pep Guardiola revelou o que sentiu depois de De Bruyne lhe mandar calar a boca durante a goleada de 4 a 0 do Manchester City sobre o Real Madrid, pela semifinal da Liga dos Campeões.
Guardiola foi questionado sobre a reação que teve na hora do jogo durante entrevista coletiva, nesta sexta (19), e surpreendeu na resposta: “A ação que eu tive com Kevin… Eu amei isso!”.
O técnico disse que isso acontece bastante nos treinamentos. “A gente grita um com o outro de vez em quando, e eu adoro isso. Às vezes as coisas ficam muito monótonas, então eu gosto dessa energia. Vocês não veem isso, mas ele grita bastante comigo no treino também”.
Para Guardiola, a discussão acabou fazendo até bem para Kevin De Bruyne. “É isso que eles [jogadores] precisam. Depois disso [gritar com Guardiola], ele virou o melhor em campo”, complementou o treinador.- Remo mantém Marcelo Cabo por medo de “decisão precipitada”Na coletiva pós-jogo, Guardiola havia explicado o motivo que o fez perder a cabeça com De Bruyne: “Nós nos precipitamos muito no segundo tempo. Assim que começou, Gundogan perdeu uma bola e o Kevin fez três transições que não eram necessárias. Acelerámos demais, quando tínhamos de fazer o contrário”.
A discussão entre os dois aconteceu no segundo tempo, quando o City vencia por 2 a 0.
Pep Guardiola pediu para De Bruyne tocar a bola depois de o meio-campista ser desarmado, e ouviu um ‘cala a boca’ do próprio jogador como resposta. 
Um vídeo registrou o momento em que De Bruyne grita com Guardiola e o treinador caminho em direção ao banco de reservas após tomar uma resposta de seu comandado.
O time de Guardiola segue em busca da tríplice coroa na atual temporada. Além de garantir vaga nas decisões da Champions League e da Copa da Inglaterra, o City pode ser campeão da Premier League já neste fim de semana.
Para conquistar o seu nono título inglês, os Citizens precisam vencer o Chelsea no domingo, no Etihad Stadium.
Há também a possibilidade de o City já entrar em campo como campeão. Para isso, o Arsenal precisa perder do Notthingham Forest amanhã, no City Ground.
A final da Copa da Inglaterra, contra o Manchester United, está marcada para o dia 3 de junho, uma semana antes da grande decisão da Liga dos Campeões, contra a Inter de Milão, dia 10.E MAIS

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade