Notícias

Paladar Gi vence o Comida Di Buteco 2023 no Pará

A 23ª Edição do Comida Di Buteco e a 12ª edição no Pará reuniu mais uma vez os melhores botecos de Belém e Ananindeua para anunciar os vencedores de 2023. O destaque deste ano foi o Paladar Gi, de Ananindeua, que se tornou bicampeão paraense com o prato “Cupim no Pau”. Em segundo lugar, ficou a Confraria do Fraga, que havia sido vencedor no ano passado, e na terceira colocação, o estreante Barão Bistrô. O concurso atingiu a marca de mais de um milhão de votos em todo o Brasil. No Estado do Pará, 31 botecos participaram da disputa. A Rede Globo/Grupo Liberal são as patrocinadoras do concurso.

O encontro animado dos proprietários de botecos da Região Metropolitana ocorreu na noite desta terça-feira (30), no Hotel Grand Mercury, localizado na avenida Nazaré. Além dos melhores pratos, também foram premiados aqueles que mais venderam a cerveja Tijuca. 

O Paladar Gi disputará o título nacional do Comida Di Buteco e poderá ser também bicampeão, já que foi o vencedor do prêmio brasileiro em 2019. O proprietário do bar Paladar Gi, Francisco Vasconcelos, avalia que desde a primeira vez no concurso em 2018, o espaço vem crescendo em qualidade. “É a boa comunicação com os meus clientes, a boa comunicação com o nosso time, nós temos uma boa comunicação de fato eficaz. A gente respeita muito o nosso cliente, a gente vai para cima. O Comida Di Buteco é uma extensão da nossa casa”, declarou.

[[(com.atex.plugins.image-gallery.MainElement) Comida Di Buteco 2023]]

O chef de cozinha do Paladar Gi, Anderson Magalhães, é o criador do prato “Cupim no pau” que consiste em um pedaço de carne de cupim recheado com queijo provolone e queijo coalho, acompanhado de purê de batata, com molho de pimenta biquinho, bastões de bacon, farofa de macaxeira de Bragança com sabor de cupuaçu e crispim de cupim. “A gente está vindo muito forte agora para esse nacional e o Estado do Pará pode ter a certeza que vamos trazer esse título para cá”, enfatizou.

“Nós já sabemos que o caminho para a nacional é focar no atendimento, na cerveja gelada e no petisco, que para mim é o melhor do Brasil”, reforçou Francisco. O Paladar Gi também foi um dos três bares que mais vendeu cerveja Tijuca. Junto com eles, também venceram, o Espeto Grill e o bar Dois Irmãos.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) ‘Comida di Buteco’: confira os vencedores da grande Belém da edição 2022 do concurso]]

O concurso que já é tradicional movimenta as economias locais, valoriza as culturas culinárias e incentiva a sociabilização nas cidades. A organização contabilizou neste ano a criação de 10 mil vagas de emprego durante o Comida Di Buteco em todos os estabelecimentos comerciais participantes no Brasil.

“Isso está no DNA do Comida Di Buteco. A gente tem como missão transformar vidas através da cozinha de raiz, entendendo o boteco como extensão da casa, seja do dono, seja do cliente. A gente existe como negócio e como empresa para dar visibilidade a esses estabelecimentos e isso naturalmente leva a um impacto em toda a cadeia”, declarou a organizadora Maria Eulália Araújo.

Segundo a organizadora, a cozinha paraense tem a chance de trazer mais um título nacional devido a sua tradição e grandeza. “É até chover no molhado. A cozinha paraense está entre as três cozinhas mais expressivas do Brasil e sem dúvida nenhuma é uma das maiores expressões do mundo inteiro. Acho que o boteco paraense traz e dá ainda mais visibilidade a essa cozinha raiz do Pará. Aqui se tem uma riqueza muito grande de ingredientes”, destacou.

Disputa nacional

Após o anúncio dos 25 campeões de cada circuito local, os botecos serão visitados por um júri extra e, em julho, escolherá o Melhor Boteco do Brasil. Os botecos foram avaliados por um corpo de jurados e pelo público em geral, levando em consideração quatro critérios: o petisco, a temperatura da bebida, o atendimento e a higiene do local. Foram 24 dias de análise até o esperado resultado. Os três melhores colocados receberam troféus e o primeiro representará o Pará na etapa nacional do concurso.

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade