Notícias

Na garra e na bola, Corinthians supera Atlético-MG e avança

 O Corinthians renasceu e está mais vivo do que nunca na Copa do Brasil. O time paulista reverteu a desvantagem do jogo de ida ao vencer o Atlético-MG por 2 a 0 no tempo normal, superou o adversário nos pênaltis de maneira dramática e passou de fase em uma Neo Química Arena pulsante na noite desta quarta-feira (31).Matheus Bidu e Róger Guedes marcaram os gols da partida e, nas penalidades, os mandantes venceram por 3 a 1.Brasileiro concorre a gol do ano na Premier LeagueO resultado, além de confirmar a equipe de Vanderlei Luxemburgo nas quartas de final, dá ao clube uma premiação de R$ 4,3 milhões por ter avançado. O time de Eduardo Coudet, por outro lado, fez um jogo bastante discreto e está eliminado da competição.Os times voltam a campo no sábado (3), desta vez pelo Campeonato Brasileiro. O Corinthians encara o América-MG em Belo Horizonte, enquanto o Atlético-MG tem o clássico contra o Cruzeiro. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Corinthians (@corinthians) O JOGOO 1° tempo teve o time de Luxemburgo surpreendendo o adversário: protegidos por um trio na zaga, Fagner e Matheus Bidu tiveram liberdade para atacar e fizeram a diferença -enquanto o primeiro ficou no quase, o segundo aproveitou bobeada do Atlético-MG e abriu o placar antes do intervalo.Na etapa final, Róger Guedes protagonizou uma pintura e aumentou, levando a decisão para os pênaltis. Nas cobranças, melhor para os mandantes, que cravaram 3 a 1. Hulk, Edenílson e Battaglia desperdiçaram os chutes do Atlético.GOLS E DESTAQUESLuxa surpreende com alas. O Corinthians iniciou a partida com Bruno Méndez, Gil e Murillo formando o trio de zaga e liberando os alas para o ataque. Foi justamente a partir dos lados que surgiu a primeira grande chance do jogo: Fagner cruzou na cabeça de Róger Guedes e viu o companheiro errar o alvo de Everson. Depois, o próprio camisa 23 recebeu lindo lançamento de Gil e também finalizou para fora.Atlético responde. As investidas dos mandantes geraram uma resposta quase que na mesma moeda por parte dos mineiros. Em linda jogada de Paulinho pela ponta esquerda, Zaracho recebeu e, já dentro da área, bateu cruzado antes de Bidu aparecer para desviar e evitar o primeiro gol da partida.Otávio bobeia, e Corinthians abre o placar. Uma trapalhada de Otávio esquentou a Neo Química Arena. Já na reta final da 1ª etapa, ele recuou errado e deu de graça para Yuri Alberto, que tentou driblar Everson antes de bater para o gol. A bola espirrou e caiu nos pés de Renato Augusto, que levantou com categoria antes de Bidu chegar da ponta esquerda e, de peito, empurrar para as redes: 1 a 0.Yuri fica no quase. O gol acelerou o ritmo dos mandantes, que por pouco não ampliaram pouco tempo depois. Em escanteio cobrado por Renato Augusto, Yuri Alberto subiu mais do que os zagueiros adversários e cabeceou no travessão do Atlético-MG.Coudet muda quatro vezes, mas Corinthians é quem assusta. O time mineiro voltou do intervalo com Hulk e mais três novidades em campo: Saravia, Dodô e Battaglia. Foi o time de Luxemburgo, no entanto, quem ficou perto de aumentar o marcador logo aos seis minutos. Em novo escanteio, desta vez pela direita, Yuri acertou mais uma vez a trave — no rebote, Fausto Vera deu uma pancada e também carimbou o poste. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Corinthians (@corinthians) Pintura de Guedes e explosão na Arena. De tanto pressionar, o Corinthians chegou ao 2° gol. Aos 18 minutos, Matheus Bidu cobrou lateral rapidamente para Róger Guedes, que fez um golaço: ele deu drible da vaca em Nathan Silva, tirou Zaracho da marcação com o corpo, evitou a saída da bola pela linha de fundo e, depois de fintar Everson, tocou para o fundo do gol atleticano: 2 a 0.Paulinho desperdiça oportunidade antes do apito final. O Atlético-MG perdeu uma chance de ouro aos 37 minutos. Em contra-ataque puxado pela direita, Hulk recebeu em diagonal, carregou e acionou Paulinho. O camisa 10 girou sobre a defesa e bateu forte ao gol de Cássio, mas a bola subiu demais.FICHA TÉCNICACORINTHIANS 2 x 0 ATLÉTICO-MGCORINTHIANSCássio; Bruno Méndez, Gil e Murillo (Caetano); Fagner, Fausto Vera, Maycon, Renato Augusto (Adson) e Matheus Bidu (Fábio Santos); Róger Guedes e Yuri Alberto. T.: Vanderlei LuxemburgoATLÉTICO-MGEverson; Mariano (Saravia), Nathan Silva, Mauricio Lemos e Patrick (Dodô); Otávio (Battaglia), Zaracho e Igor Gomes (Edenílson); Pavón, Paulinho e Vargas (Hulk). T.: Eduardo CoudetEstádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO)Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)Público: 38.235Renda: R$ 2.294.561,50Cartões amarelos: Matheus Bidu (COR); Paulinho, Rubens, Hulk (ATM)Gols: Matheus Bidu (COR), aos 31min do 1° tempo; Róger Guedes (COR), aos 18min do 2° tempo

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade