Notícias

Michael Jordan vende participação em franquia da NBA por US$3 bilhões

O astro do basquete, Michael Jordan, anunciou nesta sexta-feira (16), a venda de sua participação majoritária no Charlotte Hornets, franquia da NBA. Em 2010, Jordan pagou US$ 275 milhões para se tornar acionista majoritário no time. 

Aos 60 anos, o maior jogador de basquete vende sua parte no time da Carolina do Norte por aproximadamente US$3 bilhões (R$14,5 bilhões na cotação atual) para o grupo liderado pelos empresários Gabe Plotkin e Rick Schnall, acionista do Hornets e participante majoritário do Atlanta Hawks, respectivamente. 

 VEJA MAIS 

[[(standard.Article) Mulher acusa lutador Conor McGregor de estupro durante jogo das finais da NBA]]

[[(standard.Article) Arthur Aguiar aparece em evento da NBA acompanhado de uma mulher desconhecida; fotos]]

[[(standard.Article) Neymar assiste jogo da NBA com roupas que ultrapassam R$ 28 mil]]

Agora, os sócios compradores esperam a conclusão do negócio e o processo de verificação e aprovação da NBA. Enquanto isso, Michael Jordan mantém uma participação menor no Hornet, incluindo das atividades de draft da NBA, na próxima quinta-feira (22), e o início da ‘free agency’ em julho. 

Michael Jordan 

Natural da Carolina do Norte, o ex-jogador começou sendo sócio do Charlotte Bobcats, em 2006, até o time passar por uma reformulação em 2014 voltando para o nome original Charlotte Hornets. Jordan foi o único negro entre os donos majoritários de franquias de NBA, além de ser seis vezes campeão da NBA e o maior jogador de basquete da história. 

(Beatriz Moura, estagiária sob supervisão do editor de OLiberal.com, Felipe Saraiva)

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade