Notícias

Marquinhos Santos tenta fazer milagre no Paysandu

O Paysandu que vai enfrentar o Manaus amanhã à noite, na Curuzu, será um time sob pressão. Na 15ª posição da primeira fase da Série C, o time bicolor busca uma recuperação que, pelo atual momento da competição, com apenas três rodadas disputadas, parece crível. Mas, apenas pelo tamanho e pelo investimento do clube, não pelo que foi feito até aqui.
Por conta da goleada de 5 a 0 sofrida na rodada passada para o Ypiranga-RS, o Paysandu se isolou como a pior defesa da competição até aqui com oito gols sofridos. Para deixar tudo mais triste para a torcida paraense, a segunda pior defesa é a do Remo, vazada sete vezes.LEIA TAMBÉM:Chegou a hora da diretoria do Paysandu segurar o rojãoVídeo: Paysandu tenta manter tabu contra o Manaus-AMSe a retaguarda bicolor vem deixando a desejar, o ataque também tem deixado o time na mão. O Paysandu fez apenas dois gols, um a mais que o pior ataque, o do Altos-PI. Ambos os gols feitos pelo Papão foram na vitória de 2 a 1 sobre a Aparecidense-GO, na estreia.
Os números são ruins, mas o técnico Marquinhos Santos garante que vai melhorar. Ele assumiu o Paysandu e nunca teve tempo para ministrar treinos adequados para efetuar alguma mudança. De fato, suas preparações têm sido mais em conversas. Com viagens e compromissos por três competições, ele sabe que quando puder ficar somente no Campeonato Brasileiro é que o time poderá render mais do que tem feito.
Mas, na derrota para o Goiás-GO pela decisão da Copa Verde ele afirmou que já viu um começo de melhora. “Vi um norte aparecendo do que pode ser a equipe que espero”, afirmou na ocasião.
Os “medalhões” da equipe, os jogadores que estão há mais tempo no elenco e já possuem uma história no clube mostram esperança de que o time pode e vai melhorar. Que o elenco tem potencial para gradativamente subir na tabela.
“Nós temos compromissos e vamos dar a volta por cima. Temos que nos recuperar o quanto antes”, comentou o meia João Vieira instantes após a derrota para o Goiás, garantindo que o time tem consciência do momento em que vive e que pode dar alegria à Fiel.VEJA MAIS:

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade