Notícias

Mãe de Jeff Machado comemora prisão de Bruno Rodrigues

A investigação sobre as circunstâncias da morte do ex-ator de novelas da Record TV Jeff Machado estão avançando e uma das peças fundamentais deste quebra-cabeça era a localização do paradeiro do produtor Bruno de Souza Rodrigues. Ele é apontado como um dos principais suspeitos no assassinato do artista em janeiro deste ano.
Bruno foi preso pela Polícia Militar do Rio de Janeiro no início da manhã desta quinta-feira (15). Ele estava foragido. O outro suspeito, o garoto de programa Jeander Vinícius, já havia sido preso pela Polícia Civil.Veja também:Principal suspeito de matar o ator Jeff Machado é presoSuspeito de matar Jeff Machado pediu mudanças no visual
Rodrigues foi encontrado em um prédio no Morro do Vidigal, entre os bairros de Leblon e São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Ele não ofereceu resistência, mas, segundo a TV Globo, havia malas dentro do apartamento e ele se preparava para sair do local.
A polícia chegou até o suspeito após receber uma denúncia anônima. Oficiais faziam uma operação na região.
Os dois suspeitos já haviam sido indiciados por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. O cadáver de Jeff foi encontrado num baú, escondido e concretado no terreno de uma casa alugada, no bairro de Campo Grande, na zona oeste da cidade.
Os advogados também citaram a presença de uma terceira pessoa no cenário do crime. Esta pessoa, conforme o depoimento dado por Bruno à polícia, seria o assassino do ator, mas a versão é contestada pela polícia e advogados da família de Machado.
COMEMORAÇÃO E AGRADECIMENTOS
A mãe de Jeff Machado, Maria das Dores, comemorou a prisão de Bruno Rodrigues e agradeceu os esforço das autoridades em executar a captura. Ela gravou um áudio onde desabafa o que estava sentindo no momento em que foi informada que o suspeito tinha sido encontrado.
“Nesse momento de grande alívio para mim, para toda minha família, todos os meus amigos e amigas, eu sinto como missão cumprida e quero agradecer primeiro a Deus, a Jesus que a providência divina, a justiça divina mostrou para as equipes que tanto se dedicaram – Dr. Jairo [Magalhães, advogado da família], Dra. Elen [Souto, delegada titular da Delegacia de Descoberta de Paradeiros] e toda sua equipe na busca desse assassino na busca desse assassino”, começou ela.
Em seguida, Maria das Dores falou sobre o comportamento de Bruno com Jeff: “E as pessoas que nos ajudaram mostrando, dizendo, anunciando onde é que estava esse assassino, que se achava no direito de ser foragido depois de tantos crimes que cometeu, depois da atrocidade da morte do meu filho, esse falso amigo. Esse bandido disfarçado de cordeiro ter coragem de dizer que era amigo até a última hora para extorquir dinheiro do meu filho com promessa de trabalho na Globo. O Jeff Machado não precisava entrar dessa forma. Ele era um ótimo ator, um ótimo artista, ia ser reconhecido, sim. Ele já estava sendo reconhecido”, afirmou.
Logo depois, a mãe do ator relatou como estava se sentindo: “Então eu quero dizer que hoje é um dia de alívio, muito. Eu respiro, mas eu sei que o Dr. Jairo, a Dra. Elen, toda a equipe vão continuar nesse trabalho da prisão. E a investigação continua, porque são crimes que ele cometeu, da morte do meu filho e, junto com ele, mais pessoas. Por isso hoje é um dia de agradecimento a todos vocês que participaram dessa busca, desse encontro e dessa prisão desse assassino frio e sanguinário”, disparou.
E finalizou: “Hoje é um dia que eu posso respirar melhor, mas eu sei que ainda vai continuar. Que tudo tem que ser muito bem feito na prisão desse assassino, dos assassinos. Agradeço Deus ter colocado essas pessoas tão íntegras, especiais para me ajudarem na busca desse assassino. Eu sei que a vitória é de todos. Eu só tenho a agradecer. Hoje é um dia de vitória, de missão cumprida e nós vamos conseguir chegar até o fim para que tudo seja muito bem feito e a justiça completa seja feita”.

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade