Notícias

Evolução do Remo anima Catalá, que exalta garra dos atletas

O Clube do Remo ainda não deixou a zona de rebaixamento, mas já despachou a lanterna da competição e agora busca voos maiores. A vitória contra a Aparecidense, fora de casa, fez o Filho da Glória e do Triunfo chegar aos oito pontos e agora ocupa a 17ª colocação na Série C do Campeonato Brasileiro. Apesar de estar em uma posição ainda desconfortável, o Leão ganha um novo gás para rugir mais alto.”Acho que sofremos muito pouco, fomos consistentes, soubemos competir, quebramos um jejum de mais de um ano sem vencer fora de casa na Série C. Esse grupo vem demonstrando que tem condições de brigar por algo maior e esse é o nosso objetivo. Não vamos olhar para a tabela, vamos olhar para nós. Agora vamos ter tempo para trabalhar e esperamos fazer mais um jogo bom fora de casa e que possamos pontuar mais uma vez”, destacou o técnico Ricardo Catalá.

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 “Soubemos aproveitar os espaços em que nós havíamos planejado que existiriam dentro da partida. O pouco treino que nós fizemos, que foi por vídeos, mostramos mais os espaços. O primeiro gol nasceu de uma jogada no espaço e o segundo gol foi um oportunismo nosso de matar a partida”, ressaltou.O Remo não perde há quatro partidas, desde que Ricardo Catalá assumiu o comando técnico da equipe. Entretanto, a posição na tabela e dois empates seguidos neste tempo mantiveram a equipe bastante pressionada pela torcida. O treinador destacou as dificuldades enfrentadas por conta da sequência de jogos em tão pouco tempo, mas enfatizou a superação da equipe.
“Eles correram para caramba, deram a vida, tomaram bolada quando foi necessário, competiram muito. Os jogadores estavam cansados. Não é fácil jogar quatro vezes em menos de 15 dias. Se você contar a final do estadual, são cinco jogos em menos de 15 dias. Acho que a resposta física deles e a resposta de postura, de compromisso, demonstra o caráter deles e eu espero que isso seja valorizado e que possam ser apoiados por essa demonstração de compromisso com o escudo do Remo”, comentou.Passada a euforia, o foco do Clube de Periçá agora é no Pouso Alegre, adversário que também briga na parte de baixo da tabela e tem os mesmos oito pontos que os remistas, porém com um jogo a menos, já que encara o Figueirense nesta segunda-feira (12). O duelo contra os mineiros acontece sábado (17), no Estádio Manduzão, em Minas Gerais.
“Vamos ter um treino de verdade que vai ser o treino de quarta, na terça, e um pouquinho na quinta, mas esperamos que dê para alguma coisa. Tem muita coisa para ser trabalhada e pouco tempo para fazer. Nós vamos atacar aquilo que é prioritário e podemos ter mais um pouquinho de lucidez, um pouquinho mais de serenidade com a bola, principalmente no campo ofensivo”, finalizou. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Clube do Remo (@clubedoremo)

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade