Notícias

‘De novo, o governo bate cabeça, sem necessidade’, afirma Paulo Rocha, novo gestor da Sudam

Sangue
Balanço da campanha do Hemopa do fim de semana: a coleta irá beneficiar mais de 2,8 mil pacientes da rede hospitalar.

Botânica
Belém sedia o Congresso Nacional de Botânica em outubro, na UFPA. Organizado pelo Goeldi, tem como tema “Desafios interdisciplinares”.

 

(J.Bosco)

 

“De novo, o governo bate cabeça, sem necessidade”

PAULO ROCHA, ex-senador e novo gestor à frente da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), criticando as divergências no governo federal em relação à exploração de petróleo na Margem Equatorial.

FERROGRÃO

DECISÃO

Até o momento está confirmado para amanhã o início do julgamento, pelo Supremo Tribunal Federal, da ação que pode resultar na liberação das obras da ferrovia de 933 quilômetros que liga o município de Sinop, no Mato Grosso, a Miritituba, no oeste do Pará. O projeto está paralisado desde 2021, por liminar de autoria do ministro Alexandre de Moraes, proferida em ação movida pelo PSOL. A legenda argumentou que a alteração dos limites do Parque Nacional do Jamanxim, no Pará, feita por meio da medida provisória, é inconstitucional. Na semana passada, a Advocacia Geral da União mudou de posicionamento e se manifestou favorável aos argumentos do PSOL, mas defende que a posição contrária à MP não afeta a construção da Ferrogrão.

ELEIÇÕES

PARTIDO

O atual presidente da Fundação Paraense de Radiodifusão (Funtelpa), ex-deputado Miro Sanova (PDT), confirmou à coluna o que tanto se especula sobre a sua saída da atual legenda. Sanova, um dos pré-candidatos à prefeitura de Ananindeua, disse que sua saída do PDT é certa. O que ainda está incerto é o nome da nova legenda na qual ele desembarcará para concorrer às eleições de 2024. No momento, ele disse que está em diálogo com o governador Helder Barbalho, e seu novo partido certamente sairá da base de sustentação do governo estadual.

PODEMOS

DISCURSO

O Podemos foi o partido contemplado na última quarta-feira pela distribuição da propaganda autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mas, diferentemente das lideranças que têm usado o tempo do programa para falar dos feitos e conquistas dos partidos, o presidente estadual da legenda, deputado licenciado Igor Normando, usou seu tempo para se posicionar como nome pronto a ser o candidato do seu partido à prefeitura de Belém.

ABANDONO

Normando, que é o atual secretário de estado da pasta de Articulação e Cidadania, não falou em eleições porque a lei ainda não permite, mas fez um forte discurso contra o abandono de Belém, tanto no centro quanto na periferia, por “quem deveria cuidar da cidade”. E encerrou dizendo que está pronto para dar esse cuidado que a capital paraense precisa.

COMBUSTÍVEIS

FISCALIZAÇÃO

O andamento, em todo o Brasil, do chamado “mutirão de fiscalização” de postos de combustíveis, pelos Procons estaduais e municipais, motivou manifestações no Pará.

IMPACTOS

Segundo diz o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural, Biocombustíveis e Lojas de Conveniência do Estado do Pará (Sindicombustíveis), o mutirão foi motivado, principalmente, por notícias incorretas sobre o impacto nas bombas em relação à redução dos preços dos combustíveis nas refinarias da Petrobras. As notícias teriam dado a entender que uma eventual falta de redução de preços nas bombas seria responsabilidade dos postos.

CÁLCULOS

O Sindicombustíveis lembrou em sua manifestação que somente no próximo dia 1º de junho, quinta-feira, entram em vigor as alterações na forma de cálculo do ICMS para a gasolina e etanol. Ocorre que, apesar de ajudar no fim da guerra fiscal entre os estados, a medida pode trazer impactos totalmente independentes da atuação deste setor econômico. A nova alíquota foi definida em R$ 1,2200 para a gasolina. Hoje, no Pará, considerando a forma de cálculo atual, o ICMS corresponde a R$ 1,0791, valor que vai impactar no chamado “preço médio ponderado a consumidor final” (PMPF) dos combustíveis no Estado – ou seja, o que será de fato pago pelos consumidores nas bombas.

SUDAM

RECUPERAÇÃO

Sem corpo técnico, com estrutura física sucateada e até sem carros para fiscalizar os projetos em andamento: a outrora Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) é atualmente o retrato do abandono. O cenário foi revelado ontem pelo novo titular do órgão, o ex-senador Paulo Rocha, durante café da manhã com a imprensa paraense. Durante o encontro, Rocha prometeu que vai recuperar o protagonismo do órgão. Entre as ações previstas para os próximos dias está o pedido para que todos os ministérios contribuam com sugestões para o Plano de Desenvolvimento Regional. O PDR está sendo alvo de consulta pública – disponível no site da Superintendência – e, em apenas quatro dias, já recebeu 86 sugestões.

EM POUCAS LINHAS

► O advogado criminalista Filipe Silveira foi nomeado como presidente interino da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas – seção Pará (Abracrim/PA). Silveira é pós-graduado pela Universidade de Coimbra, em Portugal, e tem atuado em casos de repercussão no Estado.

► O I Comando Aéreo Regional (I Comar), por meio da Base Aérea de Belém, realiza desde ontem programação especial para celebrar o Dia da Aviação de Patrulha da Força Aérea Brasileira (FAB). Belém foi escolhida para a tradicional reunião por sediar o “Esquadrão Netuno”. A programação se encerra hoje, com a cerimônia de Formatura Militar na Base Aérea. O Dia da Aviação de Patrulha da Força Aérea Brasileira é comemorado todo ano no dia 22 de maio. A data remete ao ataque do submarino italiano “Barbarigo”, em 1942, em plena II Guerra Mundial, nas águas brasileiras da Ilha de Fernando de Noronha.

► O presidente da Frente Parlamentar de Proteção às Pessoas com Transtorno do Espectro Autista, deputado Felipe Becari (União Brasil-SP), convidou Nay Barbalho para apresentar hoje, em Brasília, no evento de criação da Frente, o trabalho realizado no Pará em prol das pessoas com autismo. Ela é coordenadora de Políticas Públicas para o Autismo do Estado do Pará, e foi escolhida para representar o Estado por ter feito uma gestão considerada de referência no Brasil. O evento será no plenário da Câmara dos Deputados, a partir das 16h.

► Alerta: termina amanhã a campanha de vacinação contra a Influenza (gripe). Iniciada no último dia 15, a ação quer atingir a população a partir de seis anos de idade nos 144 municípios paraenses. A vacina disponível protege contra três vírus respiratórios – Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B – contribuindo para reduzir adoecimento, complicações e mortalidade, principalmente de crianças, idosos e pessoas com comorbidades.

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade