Notícias

Conrado precisou adiar início de quimioterapia preventiva

O cantor Conrado, 55, precisou adiar o início da quimioterapia preventiva contra o tumor que foi diagnosticado em seu intestino. Em publicação no Instagram, nesta sexta-feira (2), ele relata que sentiu uma “febrezinha” após a implantação de um cateter (método usado para a quimioterapia). Inseguro com o procedimento, o marido de Andréa Sorvetão passou por uma nova tomografia.Após identificar cerca de 25 ml de água na pélvis, Conrado precisou ser medicado com antibiótico e reduzir a febre. “Segunda-feira de manhã eu repito os exames todos. Se essa água continuar ainda, mesmo depois dos antibióticos, a gente vai fazer uma punção. Retirando essa água da pélvis e aí dando prosseguimento e já preparando o caminho para a quimioterapia preventiva”, explicou ele, em vídeo.Além disso, o músico aproveitou para reforçar que o tumor já foi retirado e que esse novo processo é para se recuperar da cirurgia. Por fim, agradeceu ao carinho dos fãs. “Andréa falou que tem muita gente que entra no TikTok para falar com ela e tudo mais. E eu só quero agradecer. Hoje me emocionei de novo vendo a matéria da Record que ficou tão linda. Me emociono com vocês todos os dias, com os recados que eu recebo, a prova de amor que vocês têm por nós. Beijo para vocês. Estamos juntos!”, reforçou.Conrado foi diagnosticado com o tumor em março deste ano. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Conrado ????️+ (@conradooficial)

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade