Notícias

Com baixa cobertura vacinal, Pará prorroga vacinação contra gripe até 30 de junho

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) prorrogou, até 30 de junho, a Campanha de Vacinação contra Influenza (gripe), que seria encerrada nesta quarta-feira (31). A campanha continua destinada à população em geral, a partir dos seis meses de idade. A meta é vacinar 2,7 milhões de pessoas.

Mas, até o momento, conforme dados do sistema do Ministério da Saúde, foram aplicadas 934.003 doses, deixando a cobertura vacinal em apenas 33%. A gripe é uma infecção viral que ataca os pulmões, o nariz e a garganta. Os sintomas incluem febre, calafrios, dores musculares, tosse, congestão, coriza, dores na cabeça e fadiga.

Produzida pelo Instituto Butantan, a vacina ofertada em 2023 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) protege contra três vírus respiratórios: Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B, e contribui efetivamente para reduzir o adoecimento, as complicações e a mortalidade causada pelos três vírus.

A vacina também ajuda a proteger os mais vulneráveis às doenças graves associadas à gripe, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), e à descompensação de quadros de doenças pré-existentes, que podem levar à morte.

LEIA MAIS:

[[(standard.Article) Belém prorroga campanha de vacinação contra a Influenza até 30 de junho]]

[[(standard.Article) Influenza: Pará tem mais de 30% da meta de pessoas vacinadas]]

É fundamental que a cobertura vacinal de 90% seja alcançada

Quem ainda não se vacinou não deve perder mais essa oportunidade de se proteger de uma doença que pode ser grave para crianças, idosos e pessoas com comorbidades, como hipertensos e diabéticos. A vacina é um direito de todos, e o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), não tem medido esforços para garantir vacinas nos 144 municípios.

Para o secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, é fundamental que a cobertura vacinal de 90% seja alcançada. “É importante que haja um esforço coletivo para o alcance da meta, e afastar o risco de adoecimento por uma doença que pode ser evitada por vacina”, ressaltou o titular da Sespa.

A Secretaria de Saúde continua incentivando os municípios a criarem estratégias para o alcance da meta da campanha, e alguns já têm desenvolvido ações diferenciadas para isso. Treze experiências exitosas foram selecionadas pelo Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems) para representar as Regiões de Saúde do Pará na I Mostra ImunizaSUS, que será realizada no dia 18 de julho, durante o 37º Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, na cidade de Goiânia (GO).

Serviço:

A Campanha de Vacinação contra Influenza (gripe) continua nos postos de imunização dos 144 municípios, para a população a partir de seis meses de idade.

 

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade