Notícias

Charles do Bronx derrota Dariush e pede disputa de cinturão

Charles Oliveira cumpriu o que prometeu aos fãs e deu a volta por cima no UFC. No show de número 289, realizado neste sábado (10), no Canadá, ‘Do Bronx’ se recuperou na maior organização de MMA do mundo de forma impressionante e justificou a reputação de ser um dos lutadores mais perigosos do esporte. O brasileiro atuou de forma agressiva e nocauteou Beneil Dariush no primeiro round.Campeão do UFC, Charles do Bronx entra para o onlyfans Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Charles Oliveira (@charlesdobronxs) Com a vitória, Charles pediu para disputar novamente o cinturão do peso-leve do UFC. Disposto a acertar as contas com Islam Makhachev, campeão da categoria, o brasileiro se colocou à disposição para enfrentar o algoz até mesmo em Abu Dhabi (EAU), onde foi derrotado. Por outro lado, Dariush, com o revés, viu sua sequência de oito vitórias chegar ao fim.
Charles Oliveira, de 33 anos, é um dos melhores lutadores da história do peso-leve no MMA. Na sequência de 11 triunfos que chegou a emplacar no UFC, ‘Do Bronx’ impressionou ao vencer grandes nomes do esporte como Clay Guida, Dustin Poirier, Jim Miller, Justin Gaethje, Kevin Lee, Michael Chandler e Tony Ferguson. O brasileiro é o maior finalizador da história da companhia (16 vezes), o atleta que possui mais vitórias pela via rápida (20) e também mais bônus (18, ao lado de Donald Cerrone).A luta
Logo no início, Charles assustou Dariush com um chute alto. No clinch, os atletas trocaram força, mas o brasileiro foi para o solo. Por cima, ‘Benny’ controlou e atacou ‘Do Bronx’ com socos. Mesmo por baixo, Charles buscava finalizar o adversário, que se defendia dos botes.
Com a luta de volta em pé, Charles acertou bons golpes em Dariush. O brasileiro abalou o oponente com mais um chute alto e, em seguida, com um soco. Com Beneil no solo, em situação delicada, ‘Do Bronx’ definiu o combate ainda no primeiro round, ao aplicar um ground and pound selvagem.

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade