Notícias

Botafogo vence, mas Athletico-PR se classifica nos pênaltis

O Athletico-PR não teve vida fácil, mas está classificado para às quartas de final da Copa do Brasil de 2023. Depois de vencer o jogo de ida das oitavas de final, disputado em Curitiba, por 3 a 2, o time paranaense viu o Botafogo vencer na noite desta quarta-feira (31), no tempo regulamentar, por 1 a 0. Mas, levou a melhor nos pênaltis, vencendo por 4 a 2 e avançou.Na garra e na bola, Corinthians supera Atlético-MG e avançaAlém da classificação às quartas de final, o Athletico-PR também embolsou R$ 4,3 milhões como prêmio. Agora, o novo adversário do mata-mata será conhecido posteriormente em um sorteio que será realizado pela CBF nas próximas semanas. Os jogos de ida da próxima fase estão agendados para a semana do dia 5 de julho. As partidas de volta acontecem uma semana depois. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Athletico Paranaense (@athleticoparanaense)
PRIMEIRO TEMPO
Em desvantagem na busca pela classificação e jogando em casa, o Botafogo tomou as rédeas do duelo e fez pressão nos primeiros minutos, tanto que não demorou para abrir o placar. Aos 16 minutos, o goleiro Lucas Perri deu um chutão para frente e encontrou Júnior Santos, que tocou de primeira para Tiquinho Soares, que deixou um marcador no chão e bateu na saída do goleiro Bento, que nada pode fazer e só viu a bola entrar.
A partir daí, o Athletico-PR tentou reagir, mas encontrou dificuldades para levar perigo ao gol adversário, por causa da forte marcação. Do outro lado, o Botafogo marcou o segundo, desta vez com Victor Sá, mas houve uma falta no lance e o árbitro invalidou o gol. Por isso, o primeiro tempo terminou mesmo com a vitória magra da equipe dona da casa. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Athletico Paranaense (@athleticoparanaense)
SEGUNDO TEMPO
Na volta do intervalo, o duelo seguiu movimentado. Logo aos 17 minutos, o Botafogo ficou perto de ampliar. Tchê Tchê foi até alinha de fundo e levantou na área. Victor Sá chegou finalizando de primeira, mas Bento fez bela defesa, salvando o Athletico-PR. O time paranaense não conseguia responder ofensivamente, mas seguia se defendendo como pôde.
Nos minutos finais, o Botafogo levou perigo mais duas vezes. Aos 34, Di Plácido cruzou na área e Tiquinho Soares cabeceou firme, mas mandou para fora. Já aos 38, foi a vez do camisa 9 cruzar para Júnior Santos finalizar de cabeça, mas desta vez Bento defendeu. Por isso, o duelo terminou com o placar de 1 a 0 para os cariocas no tempo regulamentar e o duelo foi para os pênaltis.
PENALIDADESNas penalidades, Tiquinho Soares que havia feito o gol da vitória do Botafogo no tempo regulamentar, começou parando na defesa de Bento. Thiago Heleno na cobrança seguinte, já deixou o Athletico-PR em vantagem. Tchê Tchê desperdiçou mais uma e deixou o time carioca em situação complicada. A partir daí, ninguém mais errou e o time paranaense avançou, vencendo por 4 a 2.

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade