Notícias

Arraial do Pavulagem: Inclusão de pessoas com autismo marca segundo arrastão de 2023

O segundo arrastão junino do Arraial do Pavulagem foi marcado pela inclusão neste domingo (18). Uma multidão participou do cortejo e do show da banda Praça Waldemar Henrique. No dia Internacional do Orgulho Autista, uma das novidades foi a ala especial às pessoas com autismo. A estimativa da organização é que mais de 35 mil pessoas participaram do evento. O espetáculo começou com a Roda Cantada às 9h, em frente ao Theatro da Paz, e às 10h, em ponto, o cortejo saiu pela Presidente Vargas até a Praça Waldemar Henrique, onde aconteceu o show com a banda.

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Arraial do Pavulagem leva multidão às ruas de Belém em segundo arrastão cultural ]]

[[(standard.Article) 1º Arrastão do Pavulagem leva multidão à praça Waldemar Henrique]]

[[(standard.Article) Integrantes do Arraial do Pavulagem são atingidos acidentalmente por ‘gás’ durante oficina]]

O Grupo Mundo Azul, que não tem fins lucrativos, formado por mais de 400 mães dedicadas Autismo realizou uma ala especial com pessoas com autismo. A parceria com o Instituto Arraial do Pavulagem levou aproximadamente 50 pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias no segundo Arrastão – mesma data do Dia Internacional do Orgulho Autista.

Ao chegar na praça as crianças puderam ficar no Espaço + Inclusão, uma espécie de camarote especial, reservado às pessoas com autismo com abafadores, recursos sensoriais e equipe multiprofissional de suporte para as famílias. A iniciativa foi resultado de uma parceria entre a organização do ‘Arrastão’, a Equatorial e a Secretaria de Estado de Saúde Pública, por meio da Coordenação Estadual de Políticas para o Autismo (Cepa).

O novo Espaço + Inclusão foi o local perfeito para a pedagoga Alessandra Borges, 39 anos, apresentar a festa do Arraial do Pavulagem para a filha Edwiges Borges, de nove anos. “Para mim foi muito importante, a gente nunca participou por causa do sol, do barulho e da multidão. Minha filha tem muita sensibilidade, se estivéssemos no meio da multidão não conseguiríamos ficar. Essa é a primeira vez que pudemos vir para o Arraial, se não tivesse esse espaço provavelmente não teríamos esse momento”, declarou.

Profissionais do Centro de Referência para o tratamento do Autismo e Outros Transtornos (CRETA) realizaram oficinas junto com as mães de pessoas com autismo. A psicóloga Ana Paula Sousa, de 33 anos, do CRETA, ressaltou a extrema importância da ação. “Isso faz uma grande diferença, porque ações como essa acabam trabalhando muito a interação social. Pessoas com autismo tem muitas dificuldades de interação social, assim elas ganham mais autonomia, independência, brincam. A sociedade confunde a criança com o diagnóstico, elas gostam de estar aqui, de brincar e participar”, declarou.

O servidor da Coordenação Estadual de Políticas para o Autismo, Luyann Rodrigues, explicou o trabalho no Espaço + Inclusão. “A expectativa era a melhor possível, estamos com essa parceria com a Sespa e a Equatorial para dar inclusive recursos terapêuticos, com abafadores para que eles possam ter acesso à cultura e lazer, que é um dos eixos da Coordenação Estadual para o Autismo da coordenadora Nay Barbalho”.

Segundo a analista de sustentabilidade da Equatorial, Michelle Miranda, responsável pelo cadastro das pessoas no Espaço + Inclusão, o local continuará aberto nos próximos arrastões que ocorrerão nos dias 25 de junho e 2 de julho. Desta vez, poderão se cadastrar pessoas com deficiência (PCDs).

“Nosso Espaço Mais Inclusão com pessoas com deficiências nesse domingo do Orgulho Internacional do Autismo abrimos apenas para as pessoas com autista. Para os próximos finais de semana divulgaremos um link nas redes sociais, gratuitamente, para 30 pessoas com deficiência se cadastrem com mais um acompanhante, totalizando 60 pessoas no espaço. Temos essa limitação para garantir maior conforto e segurança”, destacou.

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade