Notícias

Ângela Sales toma posse na Academia de Letras Jurídicas

A jurista Ângela Serra Sales é a mais nova acadêmica imortal da Academia Paraense de Letras Jurídicas (APLJ). A cerimônia de posse foi realizada na noite desta sexta-feira, 16,, na sede da instituição, em Belém, na presença dos familiares, amigos e membros da APLJ, o procurador-geral de justiça César Bechara Mattar Júnior, o senador Jader Barbalho, a deputada federal Elcione Barbalho, entre outras autoridades.
A nova acadêmica vai assumir a cadeira número 13, que tem como patrono Cursino Loureiro da Silva. A cadeira que será ocupada já teve como agraciados Egídio Machado Sales e Egídio Machado Sales Filho, que são pai e irmão da mais nova imortal da APLJ.LEIA TAMBÉM:+ Energia limpa: Jader Barbalho propõe uso do FGTS na produção+ Jader propõe placas de informação para evitar homofobia+ Jader será o relator de projeto polêmico sobre seguros
“Estou agradecida e emocionada por assumir essa cadeira que já foi ocupada por meu pai e meu irmão. Nessa minha trajetória jurídica, tive o apoio de muitas pessoas, a começar por minha família e, como um pai para mim, o senador Jader Barbalho com quem tive a honra de trabalhar, o que me estimulou a seguir minha carreira pela causa da advocacia”, disse Ângela Serra Sales.
Citado e presente na cerimônia, o senador Jader Barbalho destacou o merecimento da jurista como nova imortal da APLJ. “Considero um privilégio estar presente nesse momento, porque sou uma testemunha de que ela é merecedora dessa cadeira. Uma mulher com grande saber jurídico, que fez muito pela advocacia e por nosso Estado”, disse Jader Barbalho.
“A nossa mais nova imortal da APLJ tem uma vasta contribuição jurídica, basta analisar o currículo dela. Uma mulher que sempre lutou pela advocacia, assumiu muitos cargos jurídicos, presidiu a OAB/PA, entre outras contribuições jurídicas que a fazem merecedora de ocupar essa cadeira”, concluiu Thadeu de Jesus e Silva, presidente da APLJ.

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade