Notícias

América-MG bate o Corinthians em jogo com final quente

O Corinthians perdeu para o América-MG por 2 a 0, neste sábado (3), viu a sequência de três jogos de invencibilidade ruir e pode terminar a rodada do Campeonato Brasileiro dentro da zona de rebaixamento.
Danilo Avelar, ex-jogador do time paulista, abriu a contagem para os mandantes, e Renato Marques decretou o resultado -Fábio Santos ainda isolou um pênalti em final eletrizante no Estádio Independência.
Os times voltam a jogar pelo Brasileirão no próximo fim de semana. O Corinthians recebe o Cuiabá no sábado (10), enquanto o América-MG, um dia depois, encara o Athletico -também em seus domínios. View this post on Instagram A post shared by América Futebol Clube ✊???? (@america_mg)
O JOGO
O primeiro tempo foi mais truncado do que jogado e teve as defesas superando os ataques. Um dos raros lances perigosos saiu com Róger Guedes, que acertou a trave após cruzamento de Fausto Vera.
Na segunda etapa, o duelo ganhou momentos de emoção nos minutos finais: Avelar marcou de pênalti, e Renato Marques ampliou antes de Fábio Santos, já nos acréscimos, chutar para fora uma nova penalidade.
GOLS E DESTAQUES
De um lado pro outro. O Corinthians repetiu a estratégia de três zagueiros usada contra o Atlético-MG na Copa do Brasil e iniciou a partida explorando os ataques pelos lados. Foi desta maneira que Róger Guedes, ainda aos seis minutos, acertou a trave em cabeceio após cruzamento da direita feito por Fausto Vera, que atuou como um “auxiliar” de Fagner.
Mandantes esboçam reação. O América-MG usou o susto inicial para atacar, mesmo sem grandes infiltrações, o adversário. Primeiro, Aloísio ficou no quase ao demorar para chutar em desvio dentro da área. Depois, Felipe Azevedo investiu pela ponta direita, mas parou em Murillo.
Corinthians tenta, mas sente ausência de Renato. Os visitantes voltaram a ter mais a bola na parte final da 1ª etapa. O problema ficou na armação, especialidade de Renato Augusto -que iniciou no banco: Maycon, Fausto e, principalmente, Adson, não conseguiram abastecer Guedes e Yuri Alberto. Enquanto isso, Fagner e Fábio Santos ficaram encaixotados na marcação mineira até o intervalo. View this post on Instagram A post shared by América Futebol Clube ✊???? (@america_mg)
A gente está tentando trabalhar a bola, quando o Renato [Augusto] não está em campo, tento procurar descer um pouco mais para levar a bola para a gente lá na frente” Róger Guedes ao Premiere no fim do 1° tempo
Cenário não muda no 2° tempo, e Luxa atende torcida. Os primeiros 15 minutos pós-intervalo continuaram com um visitante emperrado diante de um mandante pouco eficiente. Os mais de 4 mil corintianos no Independência, então, pediram Renato Augusto -e foram atendidos por Luxemburgo. Além do camisa 8, Giuliano entrou em campo. Adson e Fausto Vera foram para o banco. Mancini respondeu colocando Henrique Almeida e Renato Marques no gramado.
América-MG acha pênalti, e ‘ex’ abre placar. O jogo seguia morno até os 24 minutos, quando Juninho recebeu na ponta esquerda, cruzou para a área e viu a bola bater nos dedos do zagueiro Caetano. Após longa análise no VAR -com direito a retorno a cabine depois de voltar ao campo-, o árbitro Anderson Daronco marcou a penalidade. Danilo Avelar, ex-Corinthians, bateu cruzado, superou Cássio e fez o 1 a 0.
Garotos decidem a vitória. Os mandantes decretaram o resultado já na casa dos 41 minutos -com os jovens Júlio e Renato Marques brilhando. O lateral, que entrou no lugar do lesionado Mateus Henrique, foi até a linha de fundo e cruzou para trás. Renato, que substituiu Aloísio, finalizou forte de pé direito e ampliou: 2 X 0. View this post on Instagram A post shared by América Futebol Clube ✊???? (@america_mg)
Fábio Santos isola pênalti. Pouco tempo depois, um garoto de outro time deu às caras e tentou mudar, em vão, o cenário para sua equipe: Pedro partiu em jogada individual pela direita, foi derrubado dentro da área e viu Daronco marcar nova penalidade. Fábio Santos, no entanto, isolou a cobrança e pôs fim a qualquer esboço de arrancada.
FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 2×0 CORINTHIANS
AMÉRICA-MG
Mateus Pasinato; Mateus Henrique (Júlio), Wanderson, Avelar e Marlon; Lucas Kal (Alê), Juninho e Breno (Rodriguinho); Felipe Azevedo, Aloísio (Renato Marques) e Mastriani (Henrique Almeida). T.: Vagner Mancini
CORINTHIANS
Cássio; Bruno Méndez, Murillo (Felipe Augusto) e Caetano; Fagner, Fausto Vera (Giuliano), Maycon, Adson (Renato Augusto) e Fábio Santos; Róger Guedes e Yuri Alberto (Pedro). T.: Vanderlei Luxemburgo
Estádio: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Juiz: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Maíra Mastella Moreira (RS)
VAR: Rafael Traci (SC)
Cartões amarelos: Juninho (AMG)
Gols: Danilo Avelar, aos 25min, e Renato Marques, aos 41min do segundo tempo (América-MG)

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade