Notícias

Alter do Chão: veja como ir, quanto custa, onde ficar e o que fazer

Apontado como um dos destinos tendências para 2022 pelo Ministério do Turismo, Alter do Chão, o verdadeiro caribe brasileiro, se tornou uma das regiões mais procuradas por turistas ao redor do mundo que buscam explorar lugares encantadores e paradisíacos. A vila fica no município de Santarém, no oeste do Pará, e reúne algumas das mais belas paisagens naturais do Estado. A região tem dezenas de praias de água, cachoeira e igarapés que permitem passeios agradáveis tanto no verão, quando os rios estão na vazante, quanto no período das cheias. Para facilitar a escolha do melhor roteiro, o oliberal.com fez uma lista de como ir, onde ficar, quanto custa e o que fazer na mais famosa praia do Baixo Amazonas aqui, na dica de lazer da semana.

Your browser does not support the video tag.

Confira!

VEJA MAIS

[[(standard.Article) Serra das Andorinhas no Pará: veja como ir, quanto custa, onde ficar e o que fazer]]

[[(standard.Article) Bragança no Pará: veja como ir, quanto custa, onde ficar e o que fazer na cidade]]

[[(standard.Article) Algodoal: veja como ir, quanto custa, onde ficar e o que fazer]]

Como ir para Alter do Chão?

A vila de Alter do Chão fica a 37 km do centro de Santarém. Para chegar até lá partindo de Belém, o visitante tem duas opções: por avião, com um voo de 1h15, e de barco, em uma viagem com duração de 3 dias. De santarém, o turista pode alugar um veículo particular, contratar um transfer/táxi ou ir de ônibus até Alter do Chão. Vale destacar que a melhor época para visitar a região é de agosto a dezembro

Quanto custa a passagem para Alter do Chão?

Se a opção for ir de avião, os preços variam de acordo com a época e a companhia áerea. Uma viagem ida e volta, saindo de Belém no dia 30 de dezembro e retornando dia 02/01, está custando R$ 2.500 (ida e volta) . Já a passagem de barco varia conforme a acomodação de preferência do turista, que vai da rede até suítes com banheiro e ar condicionado. O custo da acomodação mais simples gira em torno de R$ 250. Para mais informações consulte a AR Transporte

O que fazer em Alter do Chão?

Visitar as praias paradisíacas

Pôr do sol na Ilha do Amor (Foto: Site melhores destinos)

As praias paradisíacas de Alter do Chão foram um dos  principais critérios para garantir o título de caribe brasileiro à vila. A longa faixa de areia branca, os barquinhos coloridos (chamados de catraias) e as barracas distribuídas ao longo da Ilha do Amor, que fica em frente à orla da vida, são cenários atrativos para quem quer relaxar, curtindo a água geladinha e transparente do rio Tapajós. A praia é a mais conhecida e uma das queridinhas dos turistas, juntamente com Ponta de Pedras. Além do banho, é possível desfrutar de quiosques, restaurantes, passeios de caiaquec catraia, rabeta ou lancha, além do mais belo pôr do sol da região

Outras praias para visitar na região

Praia do Pindobal
Praia do Carapanapari
Praia do Aramanaí
Ponta do Maguari
Ponta do Muretá
Ponta do Cururu

Passeio na Floresta Encantada

As belezas da Floresta Encantada (Foto: Instagram @daviloio)

A Floresta Encantada é mais um dos passeios que conectam o turista com a natureza. O mais recomendado é visitar a região durante o inverno, quando a água cobre toda a floresta e possibilita aos turistas um deslumbrante passeio de canoa em meio às árvores e arbustos submersos. 

Fazer trilha na Serra da Piroca/Piraoca

Vista do topo da Serra da Piraoca. (Foto: Site tripadvisor)

Para aqueles que gostam de se aventurar em trilhas, a Serra da Piroca ou Piraoca é o destino certo para curtir uma boa caminhada. O percurso, que deve ser feito de preferência com a ajuda de um guia, completa o cenário paradisíaco da Ilha do Amor. No topo, um visual majestoso em meio ao mais intenso verde, entremeado pela água azul do Tapajós e com vista para toda a vila

Passear no Canal do Jari e Jardim Vitória Régia

Jardim Vitória Régia. (Foto: instagram @prixchemical)

Outra opção recomendada para quem visita a vila durante o período da cheia é o Canal do Jari. O trajeto pelo rio promete deixar os amantes da natureza ainda mais apaixonados pela ambientação local, principalmente pelas formações de vitórias-régias que enfeitam o espelho d’água. Uma parte importante do passeio no Canal do Jari é a parada no restaurante da Dona Dulce, que prepara várias comidas feitas a partir da vitória-régia para os turistas se deliciarem

Flona Jamaraquá

A centenária sumaúma. (Foto: Site melhores destinos)

Uma alternativa bem pertinho de Alter do Chão e que não pode passar batida é a visita à Floresta Nacional do Tapajós (Flona Tapajós), uma área de preservação com mais de 500 mil hectares. Na visita, é possível ver de perto e conhecer a a história da gigante sumaumeira que resiste às intermpéries por décadas, conhecida como “árvore da vida”, além de outras espécies locais, com destaque para as plantas medicinais

Piracaia

As melhores noites da vila são no Piracaia. (Foto: Instagram @melhoresdealter)

A Piracaia é outro programa irressitível. Uma oportunidade para o visitante experimentar o melhor da vivência e gastronomia regional, em um cenário digno de filme, com direito a um pic-nic à luz da lua e das tochas acesas na areia da praia e ao som da música tocada por grupos regionais. A pedida garante uma legítima imersão na cultura local. 

Onde se hospedar em Alter do Chão?

Villa Arumã Pousada

A pousada Villa Arumã é uma das mais conhecidas da região. (Foto: Instagram @pousadavillaaruma)

A Villa Arumã Pousada é uma alternativa para aqueles que não querem perder a conexão com a natureza, mas não abrem mão do conforto. O local tem uma belíssima vista para o lago, jardim e fica a 17 minutos a pé da  praia.

Vila Flor Bed & Breakfast

A Vila Flor oferece uma comodidade sofisticada, sem perder a regionalidade. (Foto: Instagram @vilafloralter)

Localizada a 10 minutos da praia, a Vila Flor oferece piscina, bar, estacionamento, transfer para o aeroporto e muito conforto aos seus clientes. A decoração dos quartos é mais sofisticada, mas sem perder a regionalidade do norte.

Casa Coroca

Casa Coroca é uma opção para quem busca uma experiência única. (Foto: Airbnb)

Para aqueles que buscam uma experiência fora do comum, a Casa Coroca oferece uma hospedagem comunitária na pequena comunidade ribeirinha de mesmo nome.

Pousada Sombra do Cajueiro

A Pousada Sombra do Cajueiro é uma opção para aqueles que querem economizar na estadia. (Foto: Instagram @pousadasombradocajueiro)

A Pousada Sombra do Cajueiro é uma alternativa para quem busca uma hospedagem mais barata. O local promete muita hospitalidade e conforto aos seus visitantes.

Beloalter Hotel

Beloalter Hotel é uma hospedagem mais tradicional, mas que garante conforto aos clientes. (Foto: Hotels)

O Beloalter Hotel fica em uma praia privativa no Lago Verde e possui uma área arborizada de 10 hectares. Os quartos oferecem uma comodidade mais tradicional, quartos com varanda e wi-fi.

TerrAmor Amazon

A casa na árvore é uma ótima dica para quem gosta de hospedagem em meio a natureza. (Foto: Instagram @terramoramazon)

Os amantes de casa na árvore podem optar pela TerrAmor Amazon para se hospedar. As casas oferecem uma vista deslumbrante, um belo nascer do sol e muito vento fresco para aqueles que se acomodam no local.

Onde comer em Alter do Chão?

Casa do Saulo: O mais renomado de todo o Eixo Forte

Farol da Ilha: Oferece o melhor da culinária regional

X-Bom: Apontado como um dos melhores hambúrgueres de Alter

Peixaria Raiana: Serve os mais deliciosos e variados pratos à base de peixes da região

Boto Gelatto: Lá o visitante pode saborear alguns dos mais exóticos sorvetes artesanais feitos de frutas da região

Masa Madre: Pizzaria com forno à lenha e ambiente aconchegante, onde são servidas uma variedade de massas, cocktais e sorvete caseiro

Para mais dicas do que fazer em Alter do Chão, confira um guia completo feito pelo influencer Petterson Farias aqui.

(*Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão da editora de OLiberal.com, Ádna Figueira)

Fonte: OLiberal.com 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade