Notícias

Águia está pronto para buscar título inédito do Parazão

Já em Belém desde a última quarta-feira (24), a delegação do Águia de Marabá encerrou as atividades visando a grande final do Campeonato Paraense.
O Azulão trabalhou com bola, nesta quinta-feira (25), no Centro Esportivo da Juventude (CEJU), em Belém, antes da partida contra o Clube do Remo no estádio Baenão. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Águia de Marabá FC oficial (@aguiademarabafcoficial) O técnico Mathaus Sodré usou a movimentação para trabalhar situações de jogo envolvendo o time que joga pelo empate para ser campeão estadual, porém vai ter de segurar a pressão do Leão e da torcida azulina.
Além disso, a comissão técnica do Azulão preparou seus jogadores para uma eventual disputa de penalidades máximas, pois uma vitória simples remista, o título será decidido na marca da cal.
Mesmo com mistério, o Águia deverá manter o mesmo time que venceu em Marabá por 1 a 0, na última quinta-feira (18): Axel Lopes; Bruno Limão, Betão, David Cruz e Evandro; Castro, Patrick, Danilo Cerqueira e Wander; Alan Maia e Luam Parede.
Com a decisão programada para o estádio Baenão, a torcida do Águia terá apenas 10% da capacidade a sua disposição, algo em torno de 1.300 torcedores devem estar presentes no estádio remista.
Para quem ficou em Marabá, a diretoria vai disponibilizar um telão na cidade para que os torcedores possam acompanhar a partida decisiva que poderá dar ao time o primeiro título estadual da história do Águia. Ver essa foto no Instagram Uma publicação compartilhada por Vereador | Pedrinho Corrêa (@pedrinhocorreavereador)
Remo X Águia duelam amanhã no Baenão, as 20h, com cobertura do DOL.
E MAIS 

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

  

|

Texto Auxiliar: Alinhamento Texto Auxiliar: Link Externo: Alinhar à esquerda: Alinhar à direita: Alinhar ao centro: Fullscreen: Fullscreen Exit: Conteúdo Sensível:

 

Fonte: Diário do Pará 

Deixe aqui seu comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Acessibilidade